TRIBUTO AO VEGETAL – A CENOURA

 

Uma raiz longa, delgada e afinada na ponta, de cor laranja, amarela ou roxa, muitas vezes com toque de verde na parte superior, de textura lenhosa e comestível, essas são as características principais das cenouras. É uma planta da família das apiáceas conhecida e apreciada desde a época dos antigos gregos e romanos.

Original do Afeganistão, já estava domesticada na Antiguidade clássica – há cerca de dois mil anos já se conhecia suas propriedades nutricionais. As primeiras cenouras eram roxas, brancas ou amarelas. A cenoura, como conhecemos, surgiu no século 16. Agricultores holandeses cruzaram diversas variedades até obter um tipo laranja, a cor da família real do país.

As raízes servem como área de armazenamento para as plantas, por isso, são ricas em açúcares amidos, vitaminas e minerais. Os vegetais de raiz, tal como a cenoura, estão diretamente ligados às plantas através dos caules ou das folhas. Sua principal função é mover nutrientes e umidade para a parte superior da planta

É uma hortaliça de consumo recomendado por médicos e especialistas, devido ao seu alto valor nutricional, sendo rica em betacaroteno, além de fibras, minerais e antioxidantes. O betacaroteno é um dos responsáveis por sua cor alaranjada e é um importante precursor de vitamina A no organismo.

As cenouras podem ser consumidas in natura, raladas ou fatiadas em saladas frescas. Podem ser processadas para a produção de sucos, tortas ou misturadas com iogurte. Também são apreciadas cozidas, ensopadas, em suflês e outros pratos salgados. Na gastronomia clássica, é componente do Mirepoix , componente aromático de vários pratos franceses.

Na cozinha do Benedito a cenoura é um ingrediente que está presente em vários dos nossos produtos. É um componente do brodo (ou caldo) de vegetais, que por sua vez, é a base líquida que utilizamos para quase todas as preparações, com exceção dos molhos à base de leite e creme de leite. Usamos a cenoura também para o controle da acidez nos molhos à base de tomate que são o Pomodoro, Matricciana e Bolonhesa. Outra função para qual nos valemos da cenoura é o adensamento de molhos e recheios.

Creditos:

https://www.jardineiro.net/plantas/cenoura-daucus-carota.html

http//super.abril.com.br/historia/como-surgiu-o-pepinoi-e-a-cenoura/

Chef Profissional/Instituto Americano de Culinária – 4 ed. rev. – São Paulo : Senac Editoras; 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s